Montar uma rede Wi-Fi em casa já não é nenhum mistério. O acesso à banda larga fixa está cada vez mais acessível. Comprar um roteador sem fio, para compartilhar o sinal, também não demanda grandes gastos. Mas não ter uma rede segura pode pesar muito no bolso do usuário, com custos que variam do mau funcionamento da rede até à perda de dados importantes.
Algumas medidas e hábitos são importantes para garantir o bom funcionamento de uma rede domiciliar segura.

Depois de instalada pela operadora, algumas configurações podem ser facilmente alteradas para habilitar uma navegação segura na sua rede wi-fi. A primeira seria mudar a senha padrão de acesso ao roteador. Todos os roteadores contam com uma senha para configuração do aparelho. O comportamento normal de quem tem rede Wi-Fi é deixar os valores padrão (geralmente o usuário de login é admin e a senha também). O problema é que a senha padrão de cada roteador está disponível na internet em páginas como o “routerpasswords.com”. Lembre-se: esta é a senha para configuração do roteador, não a senha para acessar a rede sem fio. Com a senha padrão em mãos, um usuário mal-intencionado pode conectar um cabo de rede ao roteador e tomar conta da rede, configurando o aparelho

para limitar a internet para o próprio dono do aparelho, por exemplo. Medida importante é trocar esta senha.

Um bom hábito também é trocar com frequência a senha da rede. Essa ação de caráter preventivo é boa até para que ninguém consiga se conectar automaticamente ao roteador. Dependendo do nível de segurança, é possível que a pessoa que acesse a rede doméstica possa visualizar ou modificar arquivos de computadores desta mesma rede. Lembre-se sempre de modificar a senha da sua rede para evitar estes problemas.

Esconder a rede Wi-Fi é uma terceira boa prática a fim de proteger o acesso à rede. O SSID é um conjunto de caracteres que dá nome a uma rede. Quando o nome de tal rede é “visitantes” ou “hotel” significa que este é o SSID dela. Por padrão, todos os roteadores deixam o nome da rede exposto. Basta ter um dispositivo portátil (smartphone, tablet ou laptop) para saber que existe uma rede sem fio em determinado local. No entanto, por questão de segurança, é possível esconder a rede, tornando-a acessível apenas para quem souber que existe uma rede naquele local (ou seja, se o dono disser e ceder o login e senha).

Estes hábitos tornam uma rede Wi-Fi muito melhor e útil dentro do lar, do escritório, do local de trabalho possibilitando aos seus usuários os bons ventos de uma navegação segura na web.

Um lençol de segurança à cobertura Wi-Fi
Classificado como: